Rota do Sol


Rota: Porto Alegre / Osório / Terra de Areia / São Francisco de Paula / Taquara / Gravataí / Porto Alegre

Distância percorrida: 360 km

Dirija com seriedade.

Essa frase, que mais parece um slogan de campanha pela paz no trânsito, estava grafada no para-choque de um caminhão (com placas do RJ) que trafegava hoje pela manhã na BR-290 quando rumávamos para a Rota do Sol: por conta dela, acabei fazendo uma projeção desse cenário, onde todos usam o indicador de direção, só buzinam quando necessário, respeitam a sinalização e os outros motoristas, etc etc. Quem sabe um dia?

O primeiro sábado do inverno (que deveria ser de sol, pelo menos segundo a previsão do tempo) amanheceu nublado e assim se manteve ao longo do dia: em algumas localidades mais altas por onde rodamos (como a região de Cambará) a estrada simplesmente sumiu debaixo de um forte nevoeiro. Desnecessário dizer que a sensação térmica estava para lá de desconfortável, apesar do termômetro da moto indicar razoáveis 10 graus; o mesmo frio, entretanto, fez a bela cidade de São Francisco de Paula ficar tomada pelo perfume de nó de pinho na lareira e pinhão cozido.

Conforme eu havia comentado outro dia, o trecho da BR-101 entre Osório e Morro Alto está em grande parte duplicado; mais ao norte, entretanto, há muitos desvios e piso deformado, exigindo cautela e baixa velocidade dos usuários: em Terra de Areia, o acesso à Rota do Sol está mal sinalizado e não conseguimos identificar a forma de mudar de rodovia (da BR-101 para a RS-486) para quem transita no sentido sul/norte. Além deste, apenas o segmento da RS-020 entre o acesso da Rota do Sol e São Francisco de Paula exige atenção (especialmente por parte dos motociclistas) em função dos buracos no asfalto.

Mais Rota do Sol:

Motos no acostamento da Rota do Sol

Viadutos de acesso aos túneis da Rota do Sol

Entrada de um dos túneis da Rota do Sol

Pichação em um dos túneis da Rota do Sol

Ligação entre os túneis da Rota do Sol

    REDES:  

  • rss
  • youtube
  •  
  • PESQUISAR NOS ARQUIVOS: