Capitais Farroupilhas: Alegrete


Rota: Porto Alegre / Cachoeira do Sul / Alegrete / Cachoeira do Sul / Porto Alegre

Distância percorrida: 1140 km

Depois de muito tempo, resolvi colocar em prática a idéia de visitar as capitais Farroupilhas: neste artigo, descrevo a motocada até a 3ª capital, Alegrete; em breve, devo visitar Caçapava do Sul e Piratini. Para saber mais sobre a Revolução Farroupilha, recomendo a leitura do texto Revolução Farroupilha (na Página do Gaúcho) e o verbete Revolução_Farroupilha (na Wikipedia) .

Dia 18: Porto Alegre / Cachoeira do Sul

Apesar da pouca distância que separa Porto Alegre de Cachoeira do Sul (190 km), a BR-290 possui 3 praças de pedágio neste trecho: para alegrar um pouco a vida do viajante, motocicleta paga em apenas uma delas (administrada pela Concepa; as demais são Univias) e só na ida. Ao longo da estrada (que, apesar da pista simples, está em boas condições) a paisagem pouco muda e as plantações de soja e arroz estão sempre presentes (as minas de carvão e pequenas plantações de milho e melancia são raras exceções).

Mais informações:

Capitais Farroupilhas - Foto 1

Capitais Farroupilhas - Foto 2

Capitais Farroupilhas - Foto 3

Capitais Farroupilhas - Foto 4

Dia 19: Cachoeira do Sul / Alegrete / Cachoeira do Sul

Preparado para encarar algumas horas de estrada (Alegrete fica a 350 km de Cachoeira do Sul), fui surpreendido por rodar o dia todo praticamente sozinho: não fossem os caminhoneiros e os hermanos, eu contaria nos dedos a quantidade de veículos na estrada. Por conta disso e das boas condições do asfalto (a concessão da Univias acaba logo depois de Cachoeira do Sul), demorei pouco mais de 3 horas para chegar até Alegrete – com direito a um pastel completo (sim, ele existe) em São Gabriel.

Logo na chegada a Alegrete, outdoors estampam os versos do popular Canto Alegretense, música (mais popular que o hino da cidade, segundo a Wikipedia) escrita por Antônio Augusto Fagundes e Bagre Fagundes que levou o nome da cidade aos quatro cantos do mundo.

Mais informações:

Capitais Farroupilhas - Foto 5

Capitais Farroupilhas - Foto 6

Capitais Farroupilhas - Foto 7

Capitais Farroupilhas - Foto 8

Dia 20: Cachoeira do Sul / Porto Alegre

Para finalizar a visita à 3ª capital Farroupilha, apontei a moto rumo a Porto Alegre e em pouco tempo já estava em casa. Talvez em função do horário, a volta me reservou um pouco mais de trânsito pelo caminho, mas nada que atrapalhasse o trecho final da motocada: ainda deu tempo de tirar uma foto sobre a ponte do Guaíba para encerrar o artigo com chave de ouro.

Mais informações:

Capitais Farroupilhas - Foto 9

8 Comentários

Esta aí um belo projeto… Capitais farroupilhas. Sabe que andei pensando, como sou viajante a pouco tempo, saio de casa sempre pra ir rumo aos encontros e muitas vezes o caminho não é interessante… Preciso começar a me aventuras por rotas alternativas e caminhos um pouco mais rico de lugares e culturas. Pelo que eu vi no mapa, você deve ter pego retas intermináveis! De qualquer forma, mais uma bela viagem!

Abraço

Neto!

Tens razão: é complicado conciliar uma viagem cultural com uma boa estrada: nessa a Alegrete, como bem disseste, achatei o pneu andando sempre em linha reta (e com a paisagem sempre igual); como o objetivo era visitar a 3ª capital Farroupilha, desconsiderei a falta de atrativos do caminho.

Abraço!

Piréx

Poh essa ai tu não tinha comentado em fazer hein!
Mas garanto q estava de coxa né seu sem vergonha (ilibado) hahahaa
Muito bacana!
Abraço

Graaande Piréx: fotos espetaculares! Estás te especializando? Curti demais.
Já o texto acho que podes alongar um pouco e colocar mais pimenta: posso apostar que tu achas que poderia ficar meio maçante! Garanto que não. Teus leitores, como eu, gostariam de viajar junto um pouco mais…

Ah! E esqueci de te parabenizar de novo por colocar o mapa do percurso: isso é muito legal para quem curtiu e gostaria de repetir.

E, pegando o gancho (ui!) do Neto, porque não lanças no teu blog estradeiro a idéia de percursos cuja atração seja exatamente a estrada? Isto é: lindas paisagens, belas curvas, adrenalina? Confesso que desisti de ir ao Motolagoa de São Lourenço do Sul porque cansei daquela estrada chata de doer…

Baita abraço.

Kleber Diabolin
http://www.kwriter.com.br/ojardimdodiabo

Ogro!

A patroa precisava ir a Cachoeira do Sul e aproveitei: ela foi de carro e eu de moto – por isso a cidade base da motocada foi ali. E a idéia foi meio em cima da hora… Nada planejado.

KD!

Acertaste em cheio: não escrevo demais para não ficar muito maçante… Mas talvez os textículos estejam curtos demais. Vou tentar achar um meio termo. E o uso dos mapas já é a implementação de uma sugestão dos leitores. Este é um blog democrático 😀

Sobre a questão das estradas, tenho tentado atingir dois objetivos: andar pelas interessantes e/ou nas que são culturalmente relevantes. A criação de um artigo, como o das Capitais Farroupilhas, me faz pesquisar sobre o assunto, selecionar links e vejo in loco mais detalhes. A BR290 não tem muitos atrativos (uma linha reta sempre com a mesma paisagem), mas o destino sim. De lambuja, me aculturo sobre nosso estado.

Abraços,

Piréx

Deixe um comentário

    REDES:  

  • rss
  • youtube
  •  
  • PESQUISAR NOS ARQUIVOS: