Para-brisa na Honda CB 1300 Super Four


Apesar de nunca ter negado que a ventania no piloto é o grande calcanhar de aquiles das naked – especialmente em longas viagens, onde o cansaço chega mais cedo para quem não possui proteção aerodinâmica -, sempre defendi que qualquer acessório descaracteriza esse tipo moto, já que sua beleza está justamente em ter suas partes íntimas reveladas.

Na iminência de mais uma motocada ao sul do Paralelo 30, optei por colocar um para-brisa na CB para que a viagem se torne menos cansativa, mas minha opinião segue a mesma: estou trocando a beleza da Gorda pelo conforto de não precisar lutar contra o vento ao longo de mais ou menos 3 mil quilômetros (a decisão de colocar o discutível acessório foi tomada na semana passada em Nova Petrópolis quando vi o modelo que o Bender utiliza na sua Thirteen).

Seja como for, agora – pelo menos em viagens – as bolsas laterais ganharão a companhia de um para-brisa (fabricado e instalado pela Acrilsul, telefone 51 3488 8023, e-mail acrilsul@yahoo.com.br), ofuscando a beleza da minha parceira de viagens mas me trazendo muita tranquilidade (pelo que percebi hoje na BR-290, é possível manter uma velocidade de cruzeiro razoável sem esforço algum).

Para-brisa na CB1300SF - Foto 1

Para-brisa na CB1300SF - Foto 2

29 Comentários

Você sabe que eu também estou passando pelo mesmo dilema, mas pelo que vi tanto a sua como a minha são fáceis de remover…assim chegando de viagem antes mesmo da tradicional lavagem já tiramos a bolha e voltamos a ter a Gorda, gostei dessa, de sempre.
Estarei iniciando minha jornada ao Chile no proximo dia 26.02 e devo passar por POA no dia 01.03,postei o trajeto todo no blog, se estiver por aí vai ser um prazer tomar uma “agua mineral” contigo.
Grande Abraço
wilson

É exatamente o que pretendo fazer, Wilson: para viajar, com acessórios; na volta, pelada novamente. E vamos combinar essa água mineral sim: 01/03 é o meu primeiro dia de férias.

Grande abraço!

Alforges? Bolha?

Vc devia comprar uma HD Heritage logo de uma vez, hahaha….

EL GDM

Fala Piréx blz estou esperando que o mestre Bender me de presente uma bolha destas pois foi por causa dele que comprei a minha linda mutuca,um grande abração.. à ficou schow sua gordinha… hehe

GDM:
Mais para diante… Quem sabe? É uma alternativa.

Gilberto:
Pelo jeito o Bender vai ganhar um presente lá do pessoal da Acrilsul 😀 Brincadeiras à parte, o produto é de ótima qualidade, com um excelente acabamento e imbatível na questão custo X benefício. Recomendo.

Abraços!

Grande Piréx.

Pelo jeito vai ser um motocada legal então ? 3000km !!!

Abraços e Keep Riding !

Não falaste que é amigo do Tara lá na Acrisul ?!?! Putz daí os caras teriam de cobrado 5x mais heheheheh explico ! quando fui lá tentar resolver o problema do vento na V-Strom…fiz uma cabeça de alien sob uma condição, iria experimentar e se não gostasse ficava por isso mesmo…o véio concordou e depois de eu dizer que ficou uma porcaria o cara ficou brabo…nada que desabone o ótimo trabalho do cara lá no meio do mato !

Pedro:
Será uma voltinha até ali onde a patroa deixa – um pouco de Argentina, um pouco de Uruguai e o Rio Grande do Sul de um lado a outro. Na volta o resultado (textos, fotos, etc) aparecerá aqui no blog, naturalmente.

Tara:
Inventaste uma cabeça de alien e ficou ruim? Tá explicado 😀

Abraços!

Pirex,
Boa Tarde.Vejo que voce relamente conhece tudo sobre a CB. Tenho uma e estou procurando o protetor de moto. Estou neste momento em São Paulo e aqui niguem tem . voce tem alguma dica onde posso encontra-lo?
No mais parabens pelo otimo blog.

Danilo, realmente parece que há um desabastecimento dessa peça no mercado: dentre as lojas onde costumo comprar, só a HParts (http://www.hpartsmoto.com.br/) possui a peça em estoque. A Adão Metais (http://www.adaometais.com.br/) e a Prover Motos (http://www.provermotos.com.br/) solicitam um contato para verificação de disponibilidade.

Grande abraço!

Grande Pirex,

Obrigado pelo retorno e desculpa a demora, só hoje vi a sua resposta. Verifiquei em todas as casas mencionadas em São Paulo e como estava de férias e iria passar 03 dias em Floripa, encontrei na HPartes em Florianópolis e já instalei, assim como os flexíveis de freios e embreagem com malha de aço(Aeroquip).Gostaria de aproveitar a oportunidade e fazer mais uma pergunta técnica.
Verifiquei aqui em Salvador que existe o filtro de óleo do fabricante FRAN e segundo o vendedor, este filtro utilizado na CBSF é o mesmo da CB 500. Tenho sempre utilizado o original adquirido na Concessionária Honda e fiquei na dúvida se realmente poderia utilizar este filtro na CBSF. Será que não teria algum problema com relação à vazão ou pressão de óleo?
Obs.: Tenho uma bolha da marca Raptor e não utilizo se souber quem tem interesse em comprar favoreço no preço.

Abraço.

Danilo, eu sigo a orientação do meu mecânico de confiança e ele me disse a mesma coisa sobre esse filtro. Também é o que utilizo e a minha moto já está com quase 30 mil quilômetros e nunca tive problemas. Se eu souber de alguém com interesse na bolha, te aviso.

Abraço!

Ola pessoal. Estou em duvida entre a CB1300 e DL1000. Moro em Sao Paulo e o objetivo e utiliza-la meio a meio estrada e cidade. Tenho ouvido muitos comentarios negativos sobre o peso da CB1300 e que o motor esquenta muito. O proprietario que esta me oferecendo a CB1300 praticamente zerada, comprou uma Varadero que tambem ouço ser muito pesada e de dificel manobra. Gostaria de ler alguns comentarios para tirar duvidas.
Abraço!!

Luis:

Minha experiência com a DL1000 é pequena (experimentei uma 2004 antes de comprar a Hornet que antecedeu a CB1300) e o que posso te dizer é que no trânsito urbano ela demanda muitas trocas de marcha e rotação perto dos 4000 rpm, o que não me agradou.

Sobre a CB posso falar mais, já que utilizo a minha diariamente no trânsito de Porto Alegre e em viagens: ela tem o motor muito elástico, demanda poucas trocas de marcha e passa bem entre os corredores de carros, motivos que me levaram a comprá-la.

Sugiro que experimentes ambas: ouvir dos proprietários como são as motos é importante, mas nada como uma voltinha para saber se te adaptas melhor na DL ou na CB.

Abraço!

@Piréx
Pirex,

Minha utilização creio sera parecida com a sua, e estou realmente muito
inclinado pela CB.

Ontem estive na Kawasaki aqui em SP para ver duas CBs usadas, e pude
dar uma checada na ER6. Bela moto, gostei muito e deve ser otima no
uso urbano.

Decorridos alguns meses da instalação do para-brisa na sua CB, realmente
faz muita diferença nas viagens?

Abraço

Luis:

Tenho ouvido muitos comentários positivos sobre a ER-6n, mas como a patroa me acompanha em algumas viagens, ela (e a Hornet, a XJ6, etc) não é uma opção para mim.

Sobre o para-brisa, continuo com a mesma opinião: não combina com moto naked. Como ele diminui consideravelmente a ventania no peito (cansei muito menos na última viagem: /caminhos-do-mercosul-brasil-argentina-e-uruguai-1-dia/), aceito minha moto menos bonita – mas quando chego em casa, ela volta a ser naked e o para-brisa vai para o depósito.

Grande abraço!

gostaria de saber qual modelo de pára-brisa fica melhor na CB500 e não atrapalhando a aerodinâmica mesma ocorrendo uma barreira contra o vento. Obrigado

rogluca, na minha opinião a melhor solução para a CB500 seria um semelhante a este que coloquei (se vais viajar longas distâncias e acima de 120 km/h) ou um mais baixo, sem tantos ferros (que existem para suportar a pressão do vento) para ficar mais discreto e encaixar melhor nas linhas da CB500.

Abraço!

vai me desculpa mais esta moto nao combina com parabriza obrigado…

Não combina mesmo, Fernando – mas para encarar quase 3000 km de vento no peito por estradas da Argentina, Uruguai e Brasil, optei por “enfeiar” a moto mas não morrer de cansaço. Na chegada em casa, o para-brisa voltou para a prateleira do depósito.

Abraço!

Pirex,
Tinha um sonho de adolecencia em ter uma moto. Via os caras nas suas motos e ficava babando.
Como não tinha cascalho naquela época, ficava só na vontade. Agora aos 53 anos comprei uma
muleka 1300 CB , com 1.000 Km em estado de zero KM . Dando uma bisbilhotada no seu blog, des-
cobri a bolha que voce colocou na sua e ja liguei para o pessoal da Acrilsul para negociar uma.
Como sou muito leve 64 Kilos e 1.80 Mts altura, sofro muito com o vento. Voce me aconselha colo-
car tambem um defletor , os caras tambem fabricam e encaixa nesta bolha.
Estou curtindo muito a moto e pretendo fazer uma viagem com a patroa, porem preciso resolver
o problema do vento que me incomoda muito.
Abraços e boa sorte.

Antonio Carlos, parabéns pela aquisição: certamente te trará muitas alegrias. Eu sou um pouco mais alto do que tu e percebi muita diferença sem o defletor, mas seria melhor se tivesse um (quando coloquei a bolha na minha CB não havia essa opção). Eu recomendo que utilizes o defletor, por que em viagens o cansaço chega muito antes para o piloto que está – literalmente – de peito aberto e quanto mais proteção, tanto melhor.

Grande abraço e boas estradas!

Pirex,

Como te disse estou comprando a bolha e o defletor. Como voce já tem o telefone do pessoal
da Acrilsul e se desejar adquirir e defletor é R$ 100,00 e vai encaixar na sua bolha. (caso voce
ainda tenha a sua moto)
Abraços e obrigado pela força.
Saude e paz
Anton io Carlos

Amigos, estou procurando o conjunto Bolha e Suporte completo para instalar na minha CB1300F – Super Four – 2008 (preta e cinza). Vi neste Blog do Piréx que vcs citam a Acrilsul e fiz contato com eles (Michel). Eles estão falando em R$ 300,00 é isso mesmo ? Achei um pouco salgado mas peço a confirmação de vcs que compraram deles também.
Também gostaria de saber que preço vcs já encontraram para “Pastilhas de Freio” dianteiro e trazeiro, pois a Concessionária Honda local (Santa Catarina) me pede R$ 350,00/unidade (original). É isso mesmo ?
Abraço.
Paulo Brisolla Tavares Filho

Paulo, faz um bom tempo que comprei a bolha para a CB, então não tenho mais certeza dos valores… A título de comparação de preço, vale a pena olhar as bolhas à venda nas lojas. Quando precisei trocar as pastilhas de freio, consultei meu mecânico e ele apontou quais genéricas (de outros modelos da Honda) serviriam perfeitamente.

Abraço!

Li os mais variados comentários sobre acessórios para moto CBzona1300, acabei de instalar tambem uma bolha adquirida da Acrilsul, pode até não ter ficado mt schow, mas para viagem o conforto que proporciona é indiscutivel, pois estou de saida para uma viagem agora dia 07/08/14 para Campo Novo Parecis MT, e sem a bolha certamente o cansasso me maltrataria, Inventei tambem e mandei fabricar um Sto. antonio que vai preso no lugar da alça que possue atras do Banco, para prender as mochilas ficou ecelente, mas só para viagens depois é deixar ela original denovo.

Concordo totalmente contigo, Germano.

Grande abraço!

Caro Piréx, boa noite, sou de Salvador e de igual forma como foi citado pelo Antônio Carlos, ainda é meu sonho de adolescente, ter uma moto como esta CB. 1300, e até hoje não pude realiza-lo. Talvez agora, com 57 anos possa comprar uma que está a venda aquí na cidade, e gostaria de sua breve ajuda sobre o custo de manutenção periódica, e dificuldades de encontrar as peças, sobre a moto é 2007 com 21000km e está bonita. Qual a media de ipva de uma maquina destas? Grato
Muito bom seu Blog, parabéns.
Ps: Por favor me convença a comprá-lá… Abraço

Aloisio, 21 mil quilômetros para essa moto é o mesmo que nada. É quase zero. Se foi bem cuidada, é uma moto para a vida inteira. Como o IPVA da Bahia é de 1% para motocicletas, o IPVA deve ser menos de R$ 300.

Abraço!

Deixe um comentário

    REDES:  

  • rss
  • youtube
  •  
  • PESQUISAR NOS ARQUIVOS: